top of page
Buscar
  • Foto do escritorPaulo Saad

WFlow promove debate com especialistas sobre perspectivas e cenário político



Recentemente a WFlow recebeu em sua sede um Painel de Perspectivas Macroeconômicas e de Cenário Político com a participação de especialistas do mercado financeiro. No encontro, nosso COO Paulo Saad recebeu Fernando Ferreira – Estrategista Chefe da XP Investimentos e Victor Scalet – Estrategista Macro e Analista Político da XP Investimentos, além de assessores e clientes.


Durante o painel, foram abordadas questões relevantes, como as variações cambiais e de juros e seu impacto no mercado como um todo. Os especialistas enfatizaram que o momento é favorável para aqueles que precisam adquirir dólar ou iniciar investimentos em renda fixa.


O mercado demonstra expectativas moderadas em relação às altas das taxas de juros, e, a curto prazo, é possível que o mercado continue em alta. No entanto, a recuperação do dólar ainda é vista com cautela pelos investidores. Embora haja espaço para uma redução adicional nas taxas de juros, é importante agir com prudência diante desse cenário.


Quanto aos títulos de renda fixa, os especialistas destacaram que, nos níveis de rendimento atuais, eles oferecem um equilíbrio atraente entre geração de renda e proteção contra riscos econômicos. A volatilidade recente no setor financeiro, causada pelos esforços dos bancos centrais para combater a inflação por meio do aumento das taxas de juros, tem impactado os mercados e a economia com um certo atraso. Acredita-se que o pico das taxas de juros seja menor do que o previsto inicialmente, mas a normalização e flexibilização da política monetária exigirão tempo e uma queda significativa na inflação para se aproximar da meta.


De forma geral, a renda fixa continua atrativa nos níveis de rendimento atuais, oferecendo um equilíbrio entre geração de renda e proteção contra cenários econômicos adversos. Os especialistas preferem investimentos de maior qualidade e liquidez, evitando áreas de menor qualidade e mais sensíveis à economia, como o crédito corporativo com classificação inferior e taxas flutuantes, que estão mais expostas aos efeitos da política monetária restritiva. Embora o ajuste dos preços dos ativos existentes nos mercados privados esteja ocorrendo de forma mais lenta do que nos mercados públicos, oportunidades atrativas estão surgindo em novos negócios.



58 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page